Ouça o Fórumcast, o podcast da Fórum
18 de setembro de 2019, 06h59

Depois de ataque fascista, Alesp promove ato de apoio ao Al Janiah

O restaurante de refugiados foi atacado no começo deste mês por um grupo fascista, que jogou bombas e gás de pimenta contra clientes e funcionários

Foto: Al Janiah

Um ato de apoio ao centro cultural palestino Al Janiah será realizado na Assembleia Legislativa de SP no dia 2 de outubro. O local foi violentamente atacado por um grupo fascista na madrugada do dia 1º de setembro, que jogou bombas e gás de pimenta no momento em que músicos brasileiros e sul-africanos se apresentavam no estabelecimento.

INSCREVA-SE para receber conteúdos exclusivos da entrevista do Rovai com o presidente Lula

A ação na Alesp foi proposta pela deputada Beth Sahão (PT), que também convidou representantes da Defensoria Pública e da secretaria de Segurança e membros da comunidade islâmica em São Paulo. A Secretaria de Segurança Pública diz que já ouviu os donos do estabelecimento e testemunhas e que trabalha na identificação dos autores da agressão.

O Al Janiah é um espaço de referência na luta democrática na capital paulista. Construído por palestinos refugiados da guerra na Síria e por militantes do Movimento Palestina Para Todos (MOP@T), o restaurante afirmou após os ataques que continuará sendo um “espaço democrático, de defesa das minorias políticas e acolhimento de refugiados”.

“Não podemos nos calar diante da motivação deste ato, num contexto de crescente discurso de intolerância e ódio que acomete este pais. Desde o inicio, o Al Janiah sempre foi conhecido por ser um espaço democrático, de defesa das minorias políticas e acolhimento de refugiados. Sua historia se liga a luta pela Libertação da Palestina. […] Agradecemos o apoio que temos recebido de todos os cantos do Brasil. Não vai ser fácil destruir a solidariedade e os espaços democráticos que foram construídos”, disse o Al Janiah em nota oficial.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum