quinta-feira, 1 out 2020
Publicidade

Depois do churrasquinho na rua, Bolsonaro causa aglomeração em hospital de SP

Após passar por exames de rotina no Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, na manhã desta quarta-feira (12), o presidente Jair Bolsonaro foi até um outro hospital, o Cruz Azul, para visitar uma paciente, e causou forte aglomeração.

No início da semana, Bolsonaro, que se diz curado da Covid-19, já havia, como de praxe, dado mau exemplo ao desrespeitar o isolamento e comer um churrasquinho na rua, com dezenas de apoiadores. A situação desta quarta-feira, no entanto, é ainda mais grave pois a aglomeração se deu em uma unidade de saúde.

Fora da agenda oficial, o presidente foi ao hospital Cruz Azul para visitar a esposa de um policial militar morto na véspera do Dia dos Pais. A mulher havia acabado de dar a luz.

Quando chegou ao hospital, Bolsonaro já causou aglomeração com sua equipe de assessores e seguranças. Na saída, o número de pessoas acumuladas e sem respeitar qualquer distanciamento aumentou. Apesar de usar máscara, o presidente encostou em apoiadores, os abraçou e posou para fotos.

Confira.

Ivan Longo
Ivan Longo
Jornalista e repórter especial da Revista Fórum.