Ouça o Fórumcast, o podcast da Fórum
20 de novembro de 2019, 20h08

Deputado do PT vai pedir cancelamento de homenagem a Pinochet na Alesp

"Uma Casa de Leis que representa o povo jamais deve homenagear uma pessoa que reconhecidamente cometeu crimes contra a humanidade", declarou o deputado Emidio de Souza

O deputado estadual Emidio de Souza (PT-SP) fez uma postagem em suas redes sociais informando que vai enviar ofício ao presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo, Cauê Macris (PSDB-SP), solicitando o cancelamento de uma homenagem proposta por parlamentar do PSL ao ditador chileno Augusto Pinochet.

“Amanhã, na primeira hora, vou enviar ofício ao presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo, Cauê Macris, pedindo o cancelamento da sessão prevista para homenagear o ditador chileno Augusto Pinochet. Uma Casa de Leis que representa o povo jamais deve homenagear uma pessoa que reconhecidamente cometeu crimes contra a humanidade”, publicou o deputado em suas redes.

À pedido do deputado estadual Frederico D’Ávila, que hoje integra o PSL mas pretende migrar para o partido que será criado por Jair Bolsonaro (Aliança Pelo Brasil), foi marcado um ato solene no dia 10 de dezembro “em memória” de Pinochet. Um detalhe curioso no registro do evento é a grafia do nome do ditador: Augusto P. Ugarte, escondendo o sobrenome mais famoso.

O governo do general Augusto Pinochet se arrastou de 1973 até 1990, com mais de 80 mil pessoas sendo presas e outras 30 mil torturadas. Segundo números oficiais, mais de três mil pessoas foram assassinadas.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum