Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
19 de dezembro de 2019, 17h16

Derrota de Crivella: Justiça suspende show de cantora gospel no Réveillon do Rio

Argumento é que a utilização do dinheiro público na iniciativa da prefeitura “viola os preceitos da boa administração e da neutralidade religiosa”

O prefeito do Rio, Marcelo Crivella (Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil)

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) decidiu, nesta quinta-feira (19), pela suspensão do show da cantora gospel Anayle Sullivan, no tradicional Réveillon de Copacabana, no Rio de Janeiro. A medida é uma resposta à solicitação da Associação Brasileira de Ateus e Agnósticos (Atea), que apontou violação ao princípio do Estado laico.

A decisão da juíza Ana Cecília Argueso Gomes de Almeida representa uma derrota para o prefeito Marcelo Crivella (Republicanos), pastor evangélico e cantor. A liminar prevê o pagamento de multa de R$ 300 mil, em caso de descumprimento.

A Atea ingressou com ação civil na 5ª Vara da Fazenda Pública do Rio na semana passada. O pedido era para o cancelamento do show da cantora evangélica, previsto para a noite do próximo dia 31.

Dinheiro público

Além da apresentação de Anayle, a programação do Réveillon previa a apresentação de músicas do estilo gospel em todos os quatro palcos montados na zona sul da cidade.

O argumento é que a utilização do dinheiro público na iniciativa da prefeitura “viola os preceitos da boa administração e da neutralidade religiosa”.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum