Ouça o Fórumcast, o podcast da Fórum
25 de outubro de 2019, 11h51

Desmoralizado, Dallagnol é alvo de mais um escracho durante palestra em SP

Procurador-palestrante, que usa a Lava Jato para lucrar, foi recebido com protestos no Teatro Municipal de Santo André (SP), onde participa de evento de uma faculdade de Direito

Reprodução

Depois das revelações da série Vaza Jato, o procurador-palestrante Deltan Dallagnol não consegue mais fazer suas palestras sobre corrupção com tranquilidade. Desmoralizado, o coordenador da operação Lava Jato tem sido alvo de protestos e vaias em quase todos os eventos que tem participado nos últimos meses. Nesta sexta-feira (25), Dallagnol foi escrachado por jovens e ativistas de movimentos sociais na entrada do Teatro Municipal de Santo André, no ABC paulista.

O procurador do Power Point foi ao local para dar uma palestra que faz parte do Congresso de Direito Constitucional do Grupo Educacional FATEJ – composto pela Faculdade de Tecnologia Jardim – FATEJ e pela Faculdade de Direito Santo André – FADISA.

“Essa, essa, essa, Dallagnol só quer palestra”, gritavam os manifestantes, que ainda ergueram faixas contra o chefe da Lava Jato e em defesa da liberdade do ex-presidente Lula.

O escracho ocorre apenas cinco dias depois de Dallagnol ser vaiado e humilhado durante palestra para empresários da Associação Médica do Rio Grande do Sul (AMRIGS), em Porto Alegre.

Revelações

A Vaza Jato já revelou que um dos projetos pessoais do procurador era enriquecer dando palestras sobre combate à corrupção e ética nas empresas. Além disso, também pretendia agenciar outros agentes públicos a fazer o mesmo, como colegas do Ministério Público e o ex-juiz Sérgio Moro.

Além disso, diálogos comprometedores vazados e divulgados pelo The Intercept e outros veículos parceiros mostraram que o procurador manipulava para denunciar o ex-presidente Lula com nítidos objetivos de impedi-lo de disputar as eleições de 2018.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum