Fórumcast, o podcast da Fórum
19 de setembro de 2019, 09h42

Dilma protagoniza documentário sobre mulheres presas durante a ditadura militar

A ex-presidenta relata as experiências difíceis que viveu quando chegou ao presídio Tiradentes, em São Paulo, em 1970. O filme estreia em cinemas de 15 cidades nesta quinta-feira (19)

Foto: Reprodução

O documentário “Torre das Donzelas”, de Susanna Lira, explora as histórias de diferentes mulheres que sofreram as dores do cárcere durante a ditadura militar. Uma das protagonistas é a ex-presidenta Dilma Rousseff, que relata o que viveu quando chegou ao presídio Tiradentes, em São Paulo, em 1970. O filme estreia em 15 cidades nesta quinta-feira (19).

INSCREVA-SE para receber conteúdos exclusivos da entrevista do Rovai com o presidente Lula

A prisão ficou conhecida como “Torre das Donzelas” justamente por ser onde ficavam as presas políticas. O prédio foi demolido em 1972 mas, para o documentário, Susanna Lira reconstruiu uma réplica das instalações com base nas memórias das ex-detentas.

Alternando entre entrevistas individuais e conversas em grupo dentro da réplica da prisão, o filme também traz cenas com jovens atrizes que simulam teatralmente alguns dos momentos descritos.

Crise democrática

Em giro pela França, que começou no sábado (14), a ex-presidenta Dilma Rousseff está realizando uma série de palestras e entrevistas sobre a crise da democracia na América Latina. Nesta semana, a ex-presidenta participou de conferência realizada na tradicional Universidade Sorbonne, em Paris, sobre o Brasil contemporâneo com o tema “O Brasil ainda é o país do futuro?”.

Dilma disse que Bolsonaro não tem um “chip” da moderação, foi eleito devido ao golpe de 2016 e adota uma postura neofascista e neoliberal na presidência.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum