Fórumcast, o podcast da Fórum
20 de julho de 2019, 16h57

Dirigente do PT lança Haddad presidente do partido: “presente ao povo brasileiro e à democracia”

Em artigo intitulado "Calma, Haddad vem aí", Washington Quaquá exaltou o nome de Fernando Haddad que, segundo ele, poderá renovar a esperança de democracia e de direitos e garantias individuais

Foto: Eduardo Matysiak

Washington Quaquá, presidente do PT do Rio de Janeiro, publicou neste sábado (20) artigo intitulado “Calma, Haddad vem aí” em que lança a candidatura de Fernando Haddad como presidente da legenda. O partido vai renovar sua direção interna no seu 7º Congresso Nacional, que acontecerá em novembro.

Segundo Quaquá, a missão da candidatura de Fernando Haddad é “chamar o país a união em torno de objetivos democráticos, de justiça e felicidade para o povo, que se traduzem em luta para que todos tenham Casa, comida e trabalho”.

O dirigente carioca abordou a postulação com otimismo, em contraponto ao atual “sentimento de perplexidade, quando não de pavor, da parte sadia da sociedade brasileira”, como exprime. Sob sua perspectiva, Haddad poderá renovar a esperança de democracia e de direitos e garantias individuais, por meio de uma mobilização nas ruas em prol de emprego, comida e mudanças no cenário político.

Nesta quinta-feira (18), Haddad concedeu entrevista a Miriam Leitão na Globo News, onde declarou que tem se mobilizado junto a representantes de outros partidos políticos em busca de uma agenda comum.

Veja também:  “PT botou 10 mil fantasiados de médicos para fazer célula de guerrilha e doutrinação”, diz Bolsonaro

O segundo colocado nas eleições presidenciais de 2018 ainda não confirmou se vai realmente concorrer à direção do partido, mas é um dos nomes que aparecem na disputa. Antes da fase nacional, o PT vai passar por congressos locais que vão eleger delegados e renovar os diretórios regionais.

Confira o texto na íntegra.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum