Fórumcast, o podcast da Fórum
09 de agosto de 2017, 21h57

Doria divulga mentiras pelo Facebook e é desmascarado por ativista

Daniel Guth, do Ciclocidade, respondeu a uma postagem do prefeito tucano em que ele afirma que o Tribunal de Justiça decidiu manter o aumento das velocidades nas marginais. A informação, no entanto, é falsa. “É importante ele conversar melhor com os procuradores para parar de produzir fake news pelas redes sociais”, disse o ativista. Confira 

Por Redação 

O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), foi, mais uma vez, pego na mentira. Nesta quarta-feira (9), o tucano postou em suas redes sociais um vídeo em que informa que o Tribunal de Justiça decidiu, “por unanimidade”, manter o aumento nos limites de velocidade das marginais Tietê e Pinheiros, imposto pela prefeitura no início do ano.

O aumento das velocidades, de acordo com estudos e dados da polícia e da Companhia de Engenharia de Tráfico, resultou em um claro aumento no número de mortes e acidentes, além de ter piorado o trânsito. Na postagem, Doria comemora a suposta decisão do TJ e ainda tenta desbancar os estudos que mostram o aumento nos acidentes, apresentando sua “metodologia”.

Também via redes sociais, no entanto, o diretor do Ciclocidade, Daniel Guth, desmascarou o prefeito. De acordo com Daniel, que é ativista da mobilidade a pé e cicloviária, o que o Tribunal de Justiça fez hoje foi apenas julgar o agravo da prefeitura ao pedido de liminar para barrar o aumento feito por ativistas em janeiro. Sobre o conteúdo da ação e os efeitos do aumento de velocidade, a Justiça não deliberou nada.

“É importante ele conversar melhor com os procuradores para parar de produzir fake news pelas redes sociais”, ironizou o ativista.

No vídeo, Guth critica ainda o fato de o prefeito sempre tentar “partidarizar” questões importantes como essas que lidam com vidas.

Assista.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum