Fórumcast, o podcast da Fórum
13 de agosto de 2019, 16h05

Eduardo Bolsonaro se encontra com juiz que absolveu PMs do Massacre do Carandiru

"Eis um homem que não se curva ao politicamente correto", escreveu Eduardo em seu Twitter

Eduardo Bolsonaro e Ivan Sartori, ex-presidente do TJ-SP (Reprodução/Twitter)

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) se encontrou nesta segunda-feira (12) com o desembargador Ivan Sartori, ex-presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) e responsável pela absolvição de policiais militares no episódio do Massacre do Carandiru. “Eis um homem que não se curva ao politicamente correto”, escreveu Eduardo em seu Twitter.

O Massacre do Carandiru foi uma chacina que ocorreu em 1992 no presídio de São Paulo, deixando 111 detentos mortos. A ação da Polícia Militar no episódio foi duramente criticada por diversas organizações.

Em 2016, o TJ-SP anulou os julgamentos de 74 policiais militares condenados pelo massacre e, na época, a ONU se posicionou contra a absolvição. “A anulação da sentença do que é considerado um dos casos mais sérios de violações de direitos humanos no Brasil manda uma mensagem preocupante de impunidade”, dizia a nota oficial da organização.

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum