Elza Soares: “Não adianta mandar o cara tomar aqui, tomar ali. O negócio é ir pra rua”

Cantora se apresentava no Carnaval de Recife quando começaram os gritos de "Ei, Bolsonaro, vai tomar no c*"

A cantora Elza Soares fez nova fala política na noite deste sábado (22) durante a festa de Carnaval de Recife (PE) contra o presidente Jair Bolsonaro. Após um “Ei, Bolsonaro, vai tomar no cu’, Elza disse que a luta contra o governo deve ser feita nas ruas, e não em xingamentos.

“Deusa” na Sapucaí, Elza Soares defende igualdade de gênero: “Vamos fazer isso sempre, após o carnaval também”

“Não adianta mandar o cara tomar aqui, tomar ali gente. O negócio é ir para a rua. É bobagem, a gente não tem que mandar nada, tem que ir para a rua, é na rua que a gente faz a reviravolta, nas ruas”, afirmou a cantora.

Uma onda de protestos contra o governo Bolsonaro domina o Carnaval 2020. Em São Paulo, por exemplo, a campeã do Carnaval, Mancha Verde, levou figurantes fantasiadas de empregadas domésticas ao sambódromo, com a carteira de trabalho na mão.

A crítica era ao ministro da Economia Paulo Guedes, que celebrou o dólar alto como forma de frear a “farra” das empregadas domésticas que estavam viajando à Disney.

Confira:

https://twitter.com/catarina_alice/status/1231529724410834944
Avatar de Redação

Redação

Direto da Redação da Revista Fórum.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR