quarta-feira, 23 set 2020
Publicidade

Em feira de segurança, arma é furtada na presença de Mourão, Witzel e Crivella

Ladrões não se intimidaram com a presença de autoridades federais, estadual e municipal e furtaram uma pistola não funcional de um dos estandes da LAAD Defence & Security 2019, feira de defesa e segurança, que acontece no Riocentro, Rio de Janeiro.

O general Hamilton Mourão, vice-presidente da República; Fernando Azevedo e Silva, ministro da Defesa; Wilson Witzel, governador do Rio; e Marcelo Crivella, prefeito do Rio, estavam presentes no evento.

A arma estava no estande da empresa Beretta Defense Technologies e é uma pistola APX Compact, 9mm, de origem norte-americana. Vale aproximadamente 400 euros.

Uma nota da organização da feira informa que “as autoridades militares responsáveis pelo licenciamento de armas de fogo na LAAD foram informadas e compareceram imediatamente ao local do incidente. Estamos ajudando as autoridades relevantes em suas investigações”. Por questão de segurança, todas as armas do estande furtado foram retiradas.

Integração

Em discurso de abertura, Witzel defendeu maior integração entre as áreas de inteligência das Forças Armadas e a Polícia Federal e as autoridades estaduais.

“A intervenção das Forças Armadas na segurança do Rio deixou um importante legado e mostrou como é importante a integração delas com a PM. A Polícia Federal deve estar mais próxima das polícias civis. As investigações sobre o tráfico de drogas devem ser recrudescidas para apurar a circulação de grande quantidade de dinheiro e de armas. O Rio de Janeiro é um exemplo dessa influência. É preciso integração”, declarou o governador.

Nossa sucursal em Brasília já está em ação. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Saiba mais.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.