Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
21 de julho de 2019, 22h30

Em igreja de terra natal de Lula, Antônio Nobrega se apresenta com críticas à família Bolsonaro

Em performance em igreja pernambucana, o artista fez referências ao Caso Queiroz e a outros escândalos do governo Bolsonaro; Nóbrega foi ovacionado com gritos de "Lula Livre"

Antônio Nóbrega e apresentação na Igreja Matriz de Guaranhuns ((Montagem)

Aclamado pelo público ao som de “Lula Livre”, o artista Antônio Nobrega se apresentou na igreja Matriz de Garanhuns (PE), cidade natal de Lula. Sua performance estava cheia de críticas a Jair Bolsonaro e seus filhos, ressaltando alguns casos recentes que chamaram a atenção.

A canção inicia dizendo que “Tudo vai se desmontando, tudo vai se quebrando, quem quiser é só olhar” e continua com frases como “Mais um pilantra no país da malandragem querendo levar vantagem e seu laranjal plantar”, fazendo referência ao caso de Fabrício Queiroz, ex-motorista e ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro (PSL), filho do presidente,  e que foi pivô de uma das primeiras crises do governo.

Nobrega continua com mais cutucadas ao governo: “E quem quiser ser o novo embaixador não precisa ser doutor (…) Basta ser miliciano e um hamburguer fritar”, desta vez apontando para o outro filho do capitão, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), que foi nomeado embaixador dos EUA.

Assista ao vídeo que foi publicado no Twitter oficial de Lula:

Oposição ao governo

Essa não é a primeira vez que Antônio Nóbrega se posiciona contra Bolsonaro. Junto a outras personalidades, o artista assinou um documento no ano passado contra a candidatura do então deputado do PSL. O manifesto foi intitulado “Democracia Sim” e declarava que “Bolsonaro é ameaça ao nosso patrimônio civilizatório primordial”.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum