terça-feira, 27 out 2020
Publicidade

Embriagada ao volante, mulher é detida ao chamar guarda municipal de “negro babaca”, paga R$ 15 mil e é liberada

Caso aconteceu em Aracaju. Guarda, que não estava a serviço, tentou orientar a mulher, que subiu com o carro em um canteiro por causa da embriaguez. Ela não teve a identidade revelada. Veja vídeo

Uma mulher, que não teve seu nome divulgado, foi detida na noite de sábado (10) em Aracaju, no Sergipe, ao ser flagrada embriagada ao volante e chamar um guarda municipal, que a orientava a não dirigir daquela maneira, de “negro babaca”. Horas depois, ela foi liberada ao pagar fiança de R$ 15 mil.

O caso ocorreu na Rodovia Melício Machado, na Zona Sul da capital sergipana. A mulher teria subido com o carro em um canteiro devido à embriaguez. Um guarda municipal, que não estava de serviço, tentou ajudá-la e orientou para que ela não continuasse a dirigir.

A mulher então começa a chamá-lo de “negro babaca” e a acusá-lo de tentativa de sequestro e estupro. Ela ainda teria tentado desferir um soco no homem, que não reagiu.

Segundo informações do portal G1, ela foi detida por embriaguez ao volante, injúria racial, lesão corporal e denunciação caluniosa, mas foi liberada após pagar os R$ 15 mil de fiança.

Plinio Teodoro
Plinio Teodoro
Plínio Teodoro Jornalista, editor de Política da Fórum, especialista em comunicação e relações humanas.