Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
24 de fevereiro de 2020, 15h36

Empresário tortura empregado para que confessasse crime que diz não ter cometido

O empregado disse ter confessado o roubo porque “não suportava mais apanhar”

Um empresário foi preso em flagrante, neste sábado (23,) suspeito de torturar um funcionário em Aparecida de Goiânia, em Goiás.

O homem acusou a vítima de furtar R$ 8 mil da casa dele. O empregado, de 32 anos, nega as acusações e disse que foi agredido por cerca de 4 horas e, por pouco, não foi eletrocutado, de acordo com informações da Polícia Civil.

Na casa onde mora, em Jardim Florença, o suspeito agrediu e ameaçou de morte o funcionário, que ficou com vários hematomas.

O empresário foi até a delegacia no início da tarde para registrar o suposto furto contra o empregado, afirmando que ele confessou ter pego o dinheiro e gastado. 

O empregado, por sua vez, foi até a delegacia por volta de 22h, para registrar a sessão de tortura e disse ter confessado o roubo porque “não suportava mais apanhar”.

A polícia entendeu que o crime era de tortura e foi até a casa do empresário, que confessou as agressões “com o intuito de fazer a vítima confessar o furto”. Ele foi preso logo em seguida. 

Com informações do Jornal de Brasília


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum

#tags