Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
18 de julho de 2019, 15h53

Endividado, patrocinador de filme da Lava Jato entra em recuperação judicial

Empresário Sérgio Amoroso, principal financiador de “Polícia Federal: A Lei é para Todos”, controla o grupo Jari, produtor de celulose solúvel entre Pará e Amapá, que acumula dívida de R$ 1,75 bilhão

Foto: Reprodução/YouTube

A Justiça do Pará acatou solicitação de recuperação judicial das empresas Jari. O grupo desenvolve inúmeras atividades, entre elas a produção de celulose solúvel no Vale do Jari, região amazônica entre os estados do Pará e do Amapá.

Quem controla o grupo é o empresário Sérgio Amoroso, principal financiador do filme “Polícia Federal: A Lei é para Todos”. A produção mostrou somente a visão de policiais federais em relação à Operação Lava Jato.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo.

A dívida total alcançou R$ 1,75 bilhão. O objetivo é apresentar o plano de recuperação dentro dos 60 dias previstos em lei.

Em entrevista ao Valor Econômico, o presidente da Jari Celulose, Patrick Nogueira, disse que o grupo está conversando com os credores com o intuito de elaborar um plano de recuperação judicial que agrade a todos.

Narrativa

O filme narra até a controversa condução coercitiva de Lula. Mostra, ainda, o dia em que o ex-presidenta manteve um diálogo com a então presidenta Dilma Rousseff em 2016. O ex-juiz Sérgio Moro divulgou um grampo da conversa, o que era ilegal.

O filme “Polícia Federal: A Lei é para Todos 2” será produzido, mas não deverá mostrar a prisão de Lula, condenado sem provas, nem o vazamento das mensagens de Moro com procuradores, divulgado pelo The Intercept.

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum