Entregador denuncia Rappi após empresa tirar metade de seu ganho na semana por erro de cliente

Deyvison Douglas diz que empresa entrou em contato com ele para corrigir o erro somente após seu relato viralizar nas redes

O entregador de aplicativo Deyvison Douglas, que faz entregas pela Rappi em Recife, foi às redes sociais nesta quinta-feira (29) para denunciar a empresa após perder mais da metade de seu ganho semanal de R$ 80,78 por uma dívida criada injustamente pelo aplicativo.

De acordo com ele, a Rappi decidiu debitar R$ 45,90 da sua conta após um cliente dizer que não havia recebido o pedido. O motoboy afirma, no entanto, que deixou o produto nas mãos do cliente e que a empresa poderia ter confirmado a entrega através do trajeto de GPS que fica salvo no sistema.

“Trabalhei a semana passada toda para ganhar R$ 87,00 e ainda tive que pagar R$ 47,00 para a Rappi porque o cliente, que recebeu o pedido das minhas mãos, reportou para a Rappi que não recebeu o pedido. A Rappi não me ligou para saber de nada, simplesmente tirou o dinheiro”, contou Deyvison no Twitter.

“Eu fiz a entrega, entreguei nas mãos do cidadão e ele reportou para a Rappi que eu não tinha feito. Ainda voltei no endereço que ele colocou e esperou a entrega em frente, mas descobri que ele não morava lá e, provavelmente só fez a conta fake para fazer esse tipo de covardia”, completou em outra publicação.

Em entrevista à Fórum, o entregador conta que tentou falar com a empresa através do suporte, mas não obteve retorno. De acordo com ele, a Rappi entrou em contato somente após seu relato viralizar nas redes sociais.

“Eu passei a de domingo até ontem pedindo a Rappi, através do suporte, para remover a dívida que não era justa. Mas eles basicamente me ignoravam ou me mandavam aguardar. Depois de tornar público o caso e a postagem ganhar destaque nas redes sociais, a Rappi, que até então nem atenção me deu, começou a entrar em contato comigo até pelas minhas redes sociais”, conta.

O relato de Deyvison viralizou no Twitter e muitos internautas se prontificaram em ajudá-lo com doações. Com isso, Deyvison decidiu criar uma vaquinha online para comprar uma moto nova e prosseguir fazendo entregas. Até a manhã desta sexta-feira (30), o motoboy havia arrecadado R$ 1.945,00, através de 31 apoiadores.

Avatar de Luisa Fragão

Luisa Fragão

Jornalista.