Entrevista exclusiva com Lula
03 de julho de 2019, 17h44

Esquema de segurança de Bolsonaro no Mineirão teria prejudicado o VAR durante partida entre Brasil e Argentina

A frequência de rádio usada pela comitiva presidencial seria a mesma da comunicação entre os auxiliares de vídeo e o juiz da partida, causando uma interferência, embora os organizadores assegurem que isso não afetou a arbitragem

Foto: Reprodução/SporTV

Até o craque argentino Lionel Messi reclamou, depois da semifinal desta terça-feira (2) entre Brasil e Argentina (vencida pelo time do técnico Tite por 2×0), que “o VAR vinha atuando em todos os lances até a semana passada, e hoje não o usaram nenhuma vez”, e pode ser que a presença do presidente Jair Bolsonaro no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte, tenha sido um dos motivos.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo

A questão é que a equipe que fazia a segurança do mandatário usava a mesma frequência de rádio utilizada pelo VAR, o que causou uma interferência na comunicação entre o árbitro equatoriano Roddy Zambrano e os assistentes na sala de vídeo que analisam as imagens.

O COL (Comitê Organizador Local) da Copa América admitiu que houve um problema identificado minutos antes do começo da partida, quando a comitiva do presidente já estava no estádio, mas assegura que foi resolvido antes de a bola rolar. Segundo a organização, funcionários da ANATEL (Agência Nacional de Telecomunicações) atuaram rapidamente para solucionar o problema.

Por sua parte, a Conmebol afirmou que não há registro de anormalidade no VAR durante a partida. Contudo, nem o árbitro Zambrano nem o árbitro uruguaio Leodan Gonzalez (escalado para ser o assistente de vídeo no Mineirão) quiseram responder perguntas após o jogo.

Horas depois da eliminação, o técnico da Argentina, Lionel Scaloni, e alguns jogadores, apostaram a ausência do VAR como um dos fatores que levaram à sua derrota. Messi foi um dos mais indignados, e chegou a dizer que “o Brasil controlou tudo”.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum