Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
28 de dezembro de 2019, 18h44

Fake News de Natal: lojistas de shoppings entrarão na justiça para contestar dados que apontam alta nas vendas

"A pesquisa da Alshop é falsa, é fake news. Ela está gerando desconforto e revolta entre os lojistas", disse Tito Bessa Júnior, que é presidente da Associação Brasileira dos Lojistas Satélites e fundador da rede TNG

Shopping vazio (Agência Brasil)

A Associação Brasileira dos Lojistas Satélites (Ablos), que reúne cerca de 105 mil pequenos empresários que atuam em 563 shoppings e geram mais, de 1 milhão de empregos, pretende entrar na justiça para contestar o crescimento das vendas de Natal divulgado há dois dias pela Alshop, uma outra associação que reúne cerca de 54 mil lojistas de shoppings e que aponta aumento de 9,5% no comércio natalino, além de crescimento de 7,5% no ano, em valores nominais.

“A pesquisa da Alshop é falsa, é fake news. Ela está gerando desconforto e revolta entre os lojistas”, disse, em entrevista ao Broadcast, da Agência Estado, Tito Bessa Júnior, que é presidente da Ablos e fundador da rede TNG – que empatou em vendas com o ano de 2018.

A associação não tem uma pesquisa própria que apure o desempenho das vendas. Em vez disso, tem uma sondagem com seus associados, informa Bessa, na qual 70% afirmaram que as vendas natalinas de 2019 foram iguais ou piores do que as de 2018, enquanto só 30% disseram que as vendas melhoraram.

“Não sei de onde eles tiraram esse número, tenho conversado com vários lojistas e os mesmos disseram que tiveram queda”, afirma Ângelo Campos, diretor da MOB.

Fernando Kherlakian, diretor da rede Khelf, também estranhou os dados da Alshop. “A gente teve uma queda de 2% e eles estão falando que o mercado em geral cresceu 9%. Não é real isso”, diz.

Tinho Azambuja, fundador da SideWalk, também contesta o dado da Alshop. “No dia 2 vou enviar notificação extrajudicial, particular da SideWalk, pedindo explicações sobre esses números. Eu quero saber de onde veio esse número totalmente irreal”, diz.

Com informações da Folha de S.Paulo e Agência Estado

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum