Fórum Educação
08 de março de 2020, 08h51

Felipe Neto anuncia licença maternidade e paternidade ilimitada em sua empresa

Youtuber também dará 1 ano de garantia de emprego para novas mães

Foto: Instagram/ Felipe Neto

O empresário e youtuber Felipe Neto declarou neste sábado (7) que a sua empresa, a Netolab, oferecerá licença paternidade e maternidade ilimitadas. As mães também receberão um bônus financeiro para cada bebê nascido.

Ao anunciar a mudança em seu Twitter, Neto afirmou que a maternidade é uma das questões mais complicadas do mercado de trabalho, e que é usada como desculpa para justificar que mulheres recebam menos.

“Infelizmente, segundo pesquisa da Fundação Getúlio Vargas, 50% de todas as mulheres grávidas são demitidas após voltarem da licença no Brasil”, escreveu.

Diante disso, Neto afirmou que sua empresa garantirá um ano de emprego para todas as mães a partir do nascimento da criança.

“Para ajudar com isso, criamos também o bônus de 10 mil reais para qualquer novo bebê gerado por uma mamãe Netolab, não importa a função que ela exerça na empresa”, declarou.

O anúncio veio como parte dos “novos benefícios CLT” da empresa do jovem.

Por meio de assessoria, Neto também declarou que “não basta gerar emprego, é preciso gerar mudança, distribuição de renda e justiça. E tudo isso começa quando um empresário decide tirar do próprio bolso para injetar naqueles que geram suas riquezas”.

Felipe Neto tem mais de 36 milhões de pessoas inscritas no seu canal do Youtube e é uma das personalidades mais influentes do meio, no Brasil e no mundo. O influencer também se posiciona frequentemente contra o governo Bolsonaro e Olavo de Carvalho.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum

#tags