Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
11 de fevereiro de 2020, 09h36

Felipe Neto denuncia empresas que não oferecem local digno para funcionário almoçar

Youtuber criticou matéria da Globo que exaltava a "ideia lucrativa" de "empreendedores" que passaram a cobrar pelo uso do micro-ondas

Foto: Reprodução/YouTube

O youtuber Felipe Neto foi às redes sociais na madrugada desta terça-feira (11) para criticar uma reportagem do programa Pequenas Empresas e Grandes Negócios, da TV Globo, que exaltava a “ideia lucrativa” de “empreendedores” que passaram a cobrar trabalhadores pelo uso do micro-ondas na hora do almoço. Ao compartilhar a matéria, o youtuber lembrou que as empresas são obrigadas a fornecer um local digno para as refeições dos funcionários.

A reportagem compartilhada por Felipe diz na legenda que “oferecer micro-ondas para o trabalhador esquentar sua marmita” se tornou uma ideia lucrativa. “Dois minutos custam R$ 2. Os 8 micro-ondas da Alessandra não param e esquentam 6 mil marmitas por mês, gerando faturamento de R$ 12 mil!”, continua.

A matéria da Globo se passa na zona sul de São Paulo, em região repleta de prédios corporativos luxuosos. Parte deles, no entanto, não oferece ao trabalhador um local decente para as refeições.

Felipe Neto lembrou no Twitter, no entanto, que esse é um direito do funcionário e que empresas operam na ilegalidade ao não oferecer um refeitório para a hora do almoço. “Empresas são obrigadas a fornecer local para o funcionário comer, isso inclui esquentar comida. Brasil afundado na crise, cheio de desempregados e empresas operando cheias de ilegalidades. Pessoas aproveitam isso para tirar dinheiro do trabalhador e viram exemplos de empreendedorismo”, escreveu.

Em seguida, o youtuber compartilhou outra reportagem, dessa vez da revista Exame, que explica quais são os direitos do trabalhadores com relação aos espaços de refeição dentro das empresas.

“Empresas com +300 funcionários são obrigadas a fornecer refeitório. De 30 a 300, são obrigadas a fornecer local apropriado para alimentação. Menos de 30, devem manter local decente para refeição. Isso é o mínimo de dignidade”, continuou o youtuber.

Confira:


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum