Fórumcast #19
09 de setembro de 2017, 11h26

Feminicídio: PM que matou mulher e deveria estar preso faz foto curtindo piscina

O soldado da PM do Rio Grande do Norte deveria estar preso por ter matado a namorada a pauladas depois que ela se recusou a fazer sexo com ele na frente de outro homem 

Por Redação 

Vem circulando nas redes sociais, nos últimos dias, fotos de Gleyson Alex de Araújo Galvão, soldado da Polícia Militar do Rio Grande do Norte, tomando banho de piscina. Acontece que ele é suspeito de ter matado a ex-namorada a pauladas em 2013 e, neste momento, deveria estar preso.

Na época, ele foi preso em flagrante e, mais tarde, teve a prisão convertida em preventiva, sem prazo para a soltura. A PM diz que ele está preso e vai apurar se houve fuga. Já o advogado da vítima afirma que o policial está solto.

Galvão é acusado de matar a ex-namorada a pauladas, em um motel, depois que ela se recusou a fazer sexo com ele na frente de outro homem.

O caso do soldado foi tipificado como homicídio mas, pela natureza do crime, se enquadra perfeitamente em um crime motivado por ódio ligado ao gênero. A lei que passou a considerar o feminicídio, considerando casos como violência doméstica um agravante do homicídio, foi sancionada em 2015 pela ex-presidenta Dilma Rousseff.

Veja também:  Casal de idosos provoca a própria morte por não poder pagar por assistência médica nos EUA

 


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum