Fórumcast, o podcast da Fórum
17 de setembro de 2019, 22h23

Filho de Edir Macedo é condenado por ter humilhado massagista da Record

Moysés Macedo usou o Twitter para fazer comentários maldosos contra funcionária, como que tem "nojo" de massagem feita por uma baiana e que a mulher teria Aids

Moysés Macedo (Reprodução/Twitter)

O herdeiro da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) terá que desembolsar R$ 40 mil para indenizar uma funcionária da TV Record que foi destratada por ele nas redes sociais. O juiz Marcelo Augusto de Oliveira, da 41ª Vara Cível de São Paulo, decidiu que Moysés Macedo é culpado por difamar a massagista que prestou serviço para o filho do bispo Edir Macedo nas dependências da emissora.

Moysés, que é cantor gospel, postou no seu Twitter insultos a mulher de cunho misógino e xenófobo. “Massagem com uma p*** baiana e agora to com nojo”, “gorda falei p ela sair de mim e disse ‘boa sorte na sua carreira'”, “não recomendo que ninguém faça massagem na record e se for fazer cuidado com (nome)” e “ela tem aids”, foram as mensagens do filho do dono da emissora e da igreja.

“O autor, aproveitando-se da sua posição de superioridade hierárquica, difundida na condição de filho do proprietário da emissora de televisão, julgou-se no direito de fazer pouco da honradez da autora, diminuindo-a e menosprezando-a, em privado e em público, de forma ignóbil e abjeta, com a única finalidade de humilhá-la. É o bilinguis maledictus de que fala a Bíblia”, declarou o juiz em sua sentença.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum