Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
25 de fevereiro de 2020, 07h33

Funcionário de fazenda mata secretário da Casa Civil do MS com tiro na cabeça ao ser cobrado de plantio

Dirceu Lanzarini, que é ex-prefeito do município de Amambai, onde tem uma fazenda, foi morto por um funcionário, que fugiu de trator rumo ao Paraguai

Dirceu Lanzarini, secretário da Casa Civil de MS, que foi assassinado (Reprodução)

Um homem identificado como Luiz “Paraguaio” matou o Secretário da Casa Civil do Mato Grosso do Sul, Dirceu Lanzarini, com três tiros, um deles na cabeça, ao ser cobrado por um atraso no plantio. O assassinato aconteceu na manhã desta segunda-feira (24) na fazenda de propriedade de Lanzarini, que é ex-prefeito do município de Amambai, a 351 km de Campo Grande.

“O homem trabalha com ele há dez anos, mas, conforme o relato do genro, não gostou de ser cobrado pelo atraso em um plantio e reagiu, sacando o revólver e disparando contra os dois”, disse o secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Antonio Carlos Videira, anunciando luto de três dias.

Lanzarini chegou a ser levado para o Hospital do Coração, em Dourados, região sul do estado, onde teve uma parada cardiorrespiratória assim que chegou. Os médicos tentaram estabilizá-lo, mas sem sucesso.

Após seguidas paradas cardíacas, Lanzarini não resistiu e faleceu próximo das 15h. O genro do ex-prefeito também deu entrada no hospital em Dourados e segue em estado grave.

O autor dos disparos teria fugido da fazenda em um trator, que foi abandonado às margens do rio Amambaí. As buscar por ele prosseguem no município e a intenção é impedir que ele fuja para o lado paraguaio da fronteira.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum