Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
12 de dezembro de 2019, 22h22

Funcionário do IML de Manaus é demitido após suspeita de praticar necrofilia

Segundo a Secretaria de Segurança do Amazonas (SSP-AM), o homem foi encontrado por outros funcionários “arrumando as calças enquanto descia subitamente de uma mesa de necropsia onde havia um cadáver”

Foto: Divulgação

Um funcionário do Instituto Médico Legal de Manaus, no Amazonas, está sendo investigado por suspeita de utilizar o cadáver de uma mulher como objeto sexual. O homem já foi demitido de suas funções.

A Secretaria de Segurança do Amazonas (SSP-AM) divulgou uma nota, na qual diz que o homem foi encontrado por outros funcionários “arrumando as calças enquanto descia subitamente de uma mesa de necropsia onde havia um cadáver”.

Não é sócio Fórum? Quer ganhar 3 livros? Então clica aqui.

O Departamento de Polícia Técnico-Científica do Amazonas (DPTC) solicitou abertura de inquérito policial para apurar as denúncias da prática de necrofilia pelo auxiliar de necropsia.

O caso ocorreu em 24 de novembro. No dia anterior, um auxiliar administrativo também foi demitido por “faltas funcionais graves praticadas durante o plantão”, conforme o Departamento de Polícia Técnico-Científica do Amazonas (DPTC).

Alcoolizados

Ele e o suspeito de necrofilia, de acordo com informações de outros funcionários, deixaram o expediente para assistir à partida de futebol entre Flamengo x River Plate, final da Copa Libertadores. Em seguida, voltaram alcoolizados ao trabalho.

Em nota, a SSP-AM diz que o caso está sendo investigado pela Polícia Civil e o suspeito não faz mais parte dos quadros funcionais do IML.

Com informações do G1


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum

#tags