Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
25 de dezembro de 2019, 08h53

Duvivier: “É um ódio que tem sido pregado na mídia conservadora e no Congresso”

O presidente do PSOL, Juliano Medeiros, também prestou solidariedade diante do atentado contra a produtora do Porta dos Fundos

Foto: Reprodução

Um Jesus Cristo gay foi o que provavelmente motivou o atentado contra a produtora O2 na véspera de Natal. “Assustador. Eles não estão sós. É um ódio que tem sido pregado na mídia conservadora e no Congresso”, disse o humorista, ator e roteirista Gregório Duvivier ao El País.

Não é sócio Fórum? Quer ganhar 3 livros? Então clica aqui.

Ele é um dos atores de “A primeira tentação de Jesus”, especial do Porta dos Fundos para a Netflix. O filme de humor enlouqueceu conservadores e cristãos fundamentalistas, incluindo o clã presidencial e pastores.  Um abaixo-assinado que pede o veto à produção  dizendo que é considerada “ofensiva à fé cristã” já passou de 2 milhões de assinaturas.

Em nota, a produtora do grupo diz que já foram disponibilizadas as imagens das câmeras de segurança da equipe. “O país encerrará essa tormenta de ódio e o amor prevalecerá junto com a liberdade de expressão”, encerra a declaração.

O presidente do PSOL, Juliano Medeiros, também se manifestou sobre o caso: “É mais um atentado à democracia e à liberdade de expressão. Coisa de gente fundamentalista e violenta (impossível não lembrar de Charlie Hebdo)”.

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum