Ouça o Fórumcast, o podcast da Fórum
16 de novembro de 2019, 18h58

Grêmio Antifascista escreve carta aberta a Renato Gaúcho contra presença de Bolsonaro em jogo

"Teu amigo Jair Bolsonaro odeia, oprime, subjuga e combate a multiplicidade do povo", diz a carta, que rechaça a atitude do técnico em convidar o presidente para assistir ao jogo contra o Palmeiras

Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

O movimento Grêmio Antifascista divulgou uma carta aberta nesta sexta-feira (15) em resposta ao convite do técnico Renato Portaluppi, o Renato Gaúcho, feito ao presidente Jair Bolsonaro para assistir à partida contra o Palmeiras, que acontecerá no domingo (24), em São Paulo, no Allianz Parque. Na carta, o grupo diz que a presença de Bolsonaro o “ofende profundamente” os torcedores do clube e ressalta as atitudes fascistas e racistas do presidente.

“Somos grande parcela do povo gremista que está tendo suas vidas diretamente prejudicadas por teu amigo Bolsonaro”, diz a carta, mencionando a reforma da Previdência proposta pelo presidente, assim como a taxação do seguro-desemprego, anunciado nesta semana.

“Tu não és maior que a instituição, quanto menos és maior do que nós, a multidão de torcedores gremistas (…). Somos a multiplicidade que faz com que o Grêmio exista. E é exatamente a multiplicidade do povo que o teu amigo Jair Bolsonaro odeia, oprime, subjuga e combate”, continua.

O texto finaliza dizendo que a presença de Bolsonaro “ofende profundamente” o Grêmio e pede que o treinador jamais aceite a presença de Bolsonaro em qualquer evento do clube. “Ele Não! Ele Nunca!”, finaliza.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum