Fórumcast #20
20 de março de 2019, 15h55

Grupo de extermínio planeja atentado contra mulheres na UFRGS

Em fórum na internet, um homem branco compartilha com outros membros sua intenção de estuprar e matar mulheres brancas que se relacionam com negros na Universidade Federal do Rio Grande do Sul; reitoria tomou conhecimento e acionou a Polícia Federal

Foto: Divulgação

Uma semana após o atentado que chocou o país e culminou em 10 mortes em uma escola pública de Suzano (SP), a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) recebeu informações de que estaria sendo alvo de ameaça de um grupo de extermínio.

A reportagem recebeu de fontes ligadas à universidade, nesta quarta-feira (20), prints de uma conversa de um fórum na internet em que um sujeito que se diz um “true alpha man” compartilha com outros membros suas intenções de matar e estuprar mulheres brancas que se relacionam com homens negros na universidade.

“Fiquem ligados nas notícias do Rio Grande do Sul (…) Estou cansado dessas merdalhas mirins, ricas, brancas e fodidas liberando seus buracos para pardos e macacos, enquanto eu, the true alpha man, um verdadeiro gentleman, um santo, continuo aqui, virgem e xeio (sic) de ódio, vocês mulheres irão pagar caro”, diz uma das mensagens em meio a ameaças de estupro.

Outro membro do grupo, então, responde e pede para que o ataque seja até o final do mês, pois seria seu “presente de aniversário”. Ela ainda sugere ao primeiro sujeito que o atentado seja realizado no Campus do Vale da universidade, já que lá os seguranças seriam menos preparados.

Veja também:  500 dias de Lula preso: “Nós precisamos que o Supremo restabeleça as regras, a ordem”, defende Gleisi

“Mate vadias de exatas!”, diz outra mensagem.

Ameaças foram compartilhadas em um fórum na internet (Reprodução)

Ao tomar conhecimento das ameaças, a reitoria da UFRGS informou, por meio de nota, que acionou, preventivamente, o setor de segurança da Agência Brasileira de Inteligência (ABIN), polícias Federal e Civil e o setor de inteligência da Brigada Militar. Além disso, a universidade reforçou sua segurança interna.

A Polícia Federal, por sua vez, afirmou que já está ciente das ameaças e que “dando devido tratamento à informação”.

Uma festa de estudantes que estava marcada para esta quarta-feira no Campus do Vale da universidade foi cancelada por precaução.

 

 


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum