Haddad se junta a banda de rock e faz sucesso em bar de Curitiba após visita a Lula

Líder do PT, após visita ao ex-presidente Lula na prisão, descontraiu em um bar no centro da capital paranaense e acompanhou uma banda na execução de Sweet Home Alabama, clássico da banda Lynyrd Skynyrd; assista

O ex-ministro da Educação, Fernando Haddad, mostrou mais uma vez seus dotes musicais, desta vez em um bar de Curitiba, na noite desta segunda-feira (30). O líder do PT passou o dia na superintendência da Polícia Federal, em uma visita ao ex-presidente Lula e, ao sair, aproveitou a passagem pela capital paranaense para descontrair em um bar com música ao vivo.

O candidato à presidência pelo PT, então, se juntou a banda Little Wilson Trio, no bar Jacobina, e acompanhou o conjunto na execução de Sweet Home Alabama, clássico da banda estadunidense Lynyrd Skynyrd.

O vídeo da canja de Haddad foi postado pela própria banda nas redes sociais e já viralizou. Assista.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Hoje contamos com a participação do ex-Min da Educação @fernandohaddadoficial , mandando um Sweet Home Alabama na nossa segunda blues do @barjacobina.

Uma publicação compartilhada por Little Wilson Trio (@littlewilsontrio) em


Haddad defende julgamento de habeas corpus 

Após visita ao ex-presidente Lula, na segunda-feira (30), Haddad destacou que a progressão não deve ser discutida antes de uma votação do habeas corpus no STF.

“Existe um habeas corpus cujo fundamento é a suspeição do juiz Sérgio Moro […] Essa pendência precisa ser resolvida, o HC é um instrumento que precede todos os outros. […] Como tem um HC pendente, nós acreditamos que a suspeição precisa ser considerada. Se a sentença for anulada, não se pode falar em progressão”, declarou, citando as reportagens da Vaza Jato. “O que seria razoável seria o Ministério Público pedir agilidade no julgamento do habeas corpus”, finalizou.

Avatar de Redação

Redação

Direto da Redação da Revista Fórum.

Em 2021, escolha a Fórum.

Fazer jornalismo comprometido com os direitos humanos e uma perspectiva de justiça social exige apoio dos leitores. Porque se depender do mercado e da publicidade oficial de governos liberais esses projetos serão eliminados. Eles têm lado e sabem muito bem quem devem apoiar.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR