Fórumcast #20
13 de maio de 2019, 07h08

Homem é morto com tiro após discussão no trânsito no Rio de Janeiro

Após discussão, motociclista perseguiu e atirou no carro do contador Marcio Fernandes Carpintier, que estava com a mulher e duas filhas

O contador Marcio Carpentier, que morreu baleado após discussão de trânsito (Reprodução)

O contador Marcio Fernandes Carpintier, de 50 anos, foi morto na frente da esposa e de duas filhas, de 4 e 16 anos, na noite de sábado (11) no Rio de Janeiro com um tiro após discutir no trânsito com um motociclista.

Segundo o portal Uol, Marcio e a família haviam saído de um shopping na Barra da Tijuca, na zona Oeste do Rio, e seguiam de carro para um restaurante em Jacarepaguá. Na Avenida Tenente Muniz de Aragão, ele se desentendeu com o motociclista, que começou a perseguir o carro e disparou ao menos um tiro.

A bala atravessou o carro e atingiu Marcio na nunca, que morreu na hora. Desgovernado, o carro bateu em um poste. O motociclista fugiu.

“A esposa dele está traumatizada. A filha menor pergunta a todo instante pelo pai, a mais velha que estava ao lado dele no carro, ficou abalada. Minha mãe de 89 anos passou por duas operações de câncer e agora essa notícia. Está muito difícil para ela. Tudo isso por um mal entendido de trânsito”, disse a irmã de Marcio, Rosângela Carpintier, ao jornal O Dia.

Veja também:  Jornalista narra conversa com professora de Willian, sequestrador do ônibus na ponte Rio-Niterói

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum