Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
18 de fevereiro de 2019, 17h47

Homem que espancou mulher por quatro horas já foi denunciado por agressão a irmão com deficiência

Vinícius Serra tem antecedentes violentos e já foi denunciado pelo próprio pai em 2016

Foto: Reprodução/Instagram

Vinícius Serra, o homem que espancou a paisagista Elaine Peres Caparroz durante quatro horas, tem antecedentes violentos. Em fevereiro de 2016, ele chegou a ser denunciado pelo próprio pai, Zacarias Batista de Lima, após agredir o irmão Diego, que tem deficiência, de acordo com informações de Elenilce Bottari, de O Globo.

Segundo a denúncia, Zacarias foi despertado por gritos e, ao chegar ao quarto dos filhos, viu que Vinicius estava em cima do irmão aplicando golpes de jiu-jítsu.

Ainda conforme o pai, o motivo do ato violento era a suspeita de que o irmão tivesse pegado R$ 1.200 que pertenceriam a Vinicius. Na briga, o agressor acabou acertando um golpe no rosto do pai. Na verdade, o dinheiro estava em uma caixa de remédios que a mãe havia jogado no lixo.

Ao se apresentar à delegacia para depor, Zacarias revelou que o filho era faixa roxa de jiu-jítsu e andava “muito destemperado”. O caso chegou ao Juizado Especial Criminal depois que a vítima, o pai, desistiu da denúncia contra o filho.

Ameaça

Rogério Peres, irmão de Elaine disse: “Um dos funcionários chegou a passar pela porta da minha irmã e dizer ‘vamos parar com isso’. Aí o Vinícius teria dito ‘entra então aqui para você ver o que acontece’. Nesse momento, eles foram pedir reforço para os seguranças e pegaram o Vinicius já na portaria, onde ele foi algemado pela polícia e preso em flagrante”, explica.

Nossa sucursal em Brasília já está em ação. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Saiba mais.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum