Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
12 de setembro de 2019, 22h29

Hospital Badim, associado à Rede D’Or, pega fogo no Rio de Janeiro e pacientes são removidos

Até o momento, houve um óbito registrado em decorrência do incêndio; cerca de 200 pacientes estavam no hospital

Pacientes foram removidos às pressas por conta do incêndio (Reprodução/Twitter)

O Hospital Badim, localizado no bairro da Tijuca, na Zona Norte do Rio de Janeiro, foi atingido na no início da noite desta quinta-feira (12) por um incêndio de grandes proporções que espalhou fumaça por todos os andares do prédio. Pacientes foram retirados às pressas e levados a outros hospitais. Até o momento há o registro de uma morte.

O incêndio, que teria sido provocado por um curto-circuito no gerador da parte antiga da unidade da Rede D’Or, se iniciou por volta das 18h e gerou uma grande coluna de fumaça. Funcionários retiraram pacientes em macas e os colocaram na calçada para ser feito atendimento e a transferência para outros hospitais.

Segundo o proprietário José Badim, os 200 leitos estavam todos completos e foi confirmada uma morte até o momento, sem informações da “a origem do óbito”. “O hospital tem 200 leitos, estava quase cheio. Todos os pacientes foram retirados. A fumaça que ainda está saindo, possivelmente é do gerador que é a óleo diesel”, disse ao O Globo.

Ele ainda destacou que foi formada uma “corrente de solidariedade”. “A vizinhança compreendeu, os demais hospitais também. Toda essa ajuda é muito importante. Existe uma movimentação muito grande para o problema ser resolvido”, declarou.

Em nota, o Badim informou que os pacientes estão sendo transferidos. “Toda a direção do Hospital Badim está empenhada em prestar os devidos socorros necessários aos pacientes, que serão transferidos para o Hospital Israelita Albert Sabin e para os hospitais da Rede D’Or, do qual o Badim é associado”, diz.

Pelas redes sociais, fotos da fumaça registradas por moradores da região se espalharam.

 

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum