Joice, fã de Moro, contrata advogado Kakay, crítico contumaz do ex-juiz

O criminalista vai cuidar do caso do suposto atentado que a parlamentar teria sofrido no dia 18 de junho, no apartamento funcional que utiliza quando está em Brasília

As opiniões absolutamente contrárias em relação a Sergio Moro não prejudicaram as conversas e a deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP), defensora incondicional do ex-juiz, contratou o conhecido advogado criminalista Antônio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, um dos maiores críticos do ex-ministro de Jair Bolsonaro.

Kakay vai cuidar do caso do suposto atentado que a parlamentar teria sofrido no dia 18 de junho, no apartamento funcional que utiliza quando está em Brasília.

O criminalista é dono de um currículo amplo de defesa de políticos de várias tendências. Entre seus clientes, o atual ministro-chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira (PP-PI); o ex-presidente da República José Sarney (MDB); o ex-senador Edson Lobão (MDB); o ex-governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB); o ex-governador de São Paulo, Paulo Maluf (PP); e o ex-ministro José Dirceu (PT).

Kakay estaria em Nova Iorque e só retornaria ao Brasil na segunda-feira (2), mas disse que tem falado com a deputada.

Suspeitos

Joice chegou a declarar que tem dois suspeitos para o que ela classificou como um atentado. A parlamentar foi às redes sociais para contar um episódio ainda não esclarecido, em que acordou dentro do apartamento em Brasília, sobre uma poça de sangue e com várias marcas de violência, que resultaram em cinco ossos da face, um do pescoço e uma costela fraturados, dentes quebrados e hematomas pelo corpo. Disse, ainda, que não se lembrava de nada. 

“Agora, minhas dúvidas são: era para me dar um susto? Para querer me machucar? Para fazer algo pior? Isso que a gente precisa descobrir. Eu tenho duas suspeitas”, contou a ex-aliada de Jair Bolsonaro, sem revelar os nomes.

Avatar de Lucas Vasques

Lucas Vasques

Jornalista e redator da Revista Fórum.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR