Fórumcast, o podcast da Fórum
06 de julho de 2019, 18h58

Jornalista desempregado morre de frio em rua de Porto Alegre

Cleber era jornalista com passagens por jornais de bairro e do comércio da capital gaúcha, mas se encontrava desempregado já há certo tempo. O corpo foi identificado por um amigo, o jornalista Silvio Ribeiro, que havia recebido seu currículo na semana passada, na tentativa de ajudá-lo.

O jornalista Cleber Luis Costa da Silva (Foto: Reprodução Facebook)

O jornalista Cleber Luis Costa da Silva foi encontrado pela Brigada Militar de Porto Alegre na madrugada deste sábado (6), dormindo na rua, no Centro Histórico da cidade. Apesar do socorro, ele terminou falecendo.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo

Cleber era jornalista com passagens por jornais de bairro e do comércio da capital gaúcha, mas se encontrava desempregado já há certo tempo. Formado pela Ulbra (Universidade Luterana do Brasil), teria integrado o DCE (Diretório Central dos Estudantes) da universidade na Década de 1990.

O corpo foi identificado por um amigo, o jornalista Silvio Ribeiro, que havia recebido seu currículo na semana passada, na tentativa de ajudá-lo. Um grupo de amigos e ex-colegas de profissão se uniram para que ele não fosse enterrado como indigente, e inclusive disponibilizaram uma conta para quem puder contribuir com as despesas do enterro (agência 0116, conta: 84023 8, banco Sicredi, a nome de Silvio Luciano da Silva Ribeiro).

O velório e enterro de Cleber aconteceram na tarde deste mesmo sábado, no Cemitério São Miguel e Almas.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum