Fórumcast #20
14 de fevereiro de 2018, 21h54

Jovem negro denuncia racismo de folião branco em bloco de carnaval

"Vou roubei seu celular", escreveu o folião na legenda da foto que pediu para tirar com Iarley Duarte e seu grupo de amigos. Jovem denunciou o gesto em sua página do Facebook e falou à Fórum sobre o caso: "Estamos tristes e revoltados".

Reprodução/Facebook

Viralizou nas redes sociais, na tarde desta quarta-feira (14), a postagem do jovem Iarley Duarte denunciando o gesto racista de um folião durante um bloco de carnaval no Espírito Santo.

Iarley contou que um homem branco identificado no Instagram pelo perfil de “@lucasalmeid4_”  pediu para tirar uma foto com ele e seu grupo de amigos durante o bloco “Bekoo das Preta”, em Vitória, na última segunda-feira (12). Para a sua surpresa, quando foi ver a foto postada na rede social, o homem havia colocado como legenda: “Vou roubei seu celular”.

“Ele simplesmente viu a gente brincando, chegou até nós rindo e pediu pra gente tirar uma foto com ele, mas nunca tínhamos visto ele e nem o conhecíamos. Logo que ele bateu a foto, saiu, sumiu não vimos mais. Aí quando foi hoje um amigo me marcou em um publicação no Twitter mostrando o título da foto, nos discriminando”, disse o jovem.

“Ficamos com muita raiva, indignados, tristes e revoltados pelo gesto, pela discriminação por conta da nossa cor e pela nossa classe social”, afirmou Iarley à Fórum.

A publicação em que o jovem faz a denúncia já tem mais de 2 mil compartilhamentos.

Veja também:  Eduardo Bolsonaro tuita nota do Antagonista que diz que prefeito de Miami ficou "impressionado" com ele

De acordo com Iarley, ele e seus amigos pretendem denunciar ao máximo o ocorrido para que o gesto racista não aconteça com outras pessoas e nem passe impune.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum