Juiz atende Globo e determina arrombamento da casa do fundador da Ricardo Eletro

As Organizações Globo afirmam que o empresário Ricardo Nunes lhes deve R$ 62 milhões

O juiz Antônio Carlos Santoro Filho, do Tribunal de Justiça de São Paulo, decidiu nesta quarta-feira (9) acatar um pedido das Organizações Globo e autorizar o arrombamento, com ajuda da polícia, da casa do empresário Ricardo Nunes, fundador da Ricardo Eletro. Nunes chegou a ser preso em 8 julho em razão de investigação que aponta sonegação fiscal de R$ 387 milhões, mas foi solto no dia seguinte.

Segundo informações do colunista Rogério Gentile, do portal Uol, a decisão tem como objetivo garantir a penhora de bens pessoais do empresário, que estaria devendo cerca de R$ 61,2 milhões para a Globo em razão de notas promissórias emitidas em 2017.

Com a determinação do juiz, o arrombamento poderá ser feito na casa de Nunes caso ele não libere a entrada de oficial de justiça no imóvel, localizado no bairro Jardim Europa, em São Paulo. O empresário também teve contas penhoradas.

Desde 2018, Nunes não comanda mais a rede varejista que fundou. A empresa passou por processo de recuperação judicial e foi comprada pela MV Participações.

Avatar de Lucas Rocha

Lucas Rocha

Lucas Rocha é formado em jornalismo pela Escola de Comunicação da UFRJ e cursa mestrado em Políticas Públicas na FLACSO Brasil. Carioca, apaixonado por carnaval e latino-americanista convicto, é repórter da sucursal do Rio de Janeiro da Revista Fórum e apresentador do programa Fórum América Latina