O que o brasileiro pensa?
30 de junho de 2020, 16h48

Juiz federal é preso em SP por receber propinas em emissão de ordens judiciais

Leonardo Safi de Melo é suspeito de vender decisões que obrigam Receita a quitar dívidas com particulares

Foto: Reprodução/ Google Maps

O juiz federal Leonardo Safi de Melo foi preso nesta terça-feira (30) pela Polícia Federal, em São Paulo, por suspeita emitir ordens judiciais em troca de propina. O juiz é titular da 21ª Vara Cível do TRF-3 (Tribunal Regional Federal da 3ª Região).

Safi é investigado por vender ordens judiciais em processos envolvendo precatórios, que condenam a Receita Federal a pagar determinado a valor a particulares.

A prisão de Safi é parte da ação batizada de Operação Westminster, que expediu seis mandados de prisão provisória, além de outros de busca e apreensão. Além do juiz, foram presos advogados e um servidor do TRF-3 por envolvimento com as ações.

Os mandados foram decretados pela juíza Therezinha Cazerta e acompanhadas pelo diretor do Foro da Seção Judiciária de São Paulo, juiz federal Márcio Ferro Catapani.

A Ajufe (Associação de Juízes Federais) e a Ajufesp (Associação dos Juízes Federais de São Paulo e Mato Grosso do Sul) divulgaram uma nota de posicionamento, em apoio às investigações. “O inquérito é de responsabilidade do Tribunal Regional Federal da 3ª Região e o prestígio da instituição não pode ser arranhado por eventuais desvios, que, caso comprovados, devem ser punidos exemplarmente”, afirmaram.

Com informações da Folha de S. Paulo


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum