Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
03 de agosto de 2018, 11h15

Jungmann pede esclarecimentos à PF sobre ação contra professor da UFSC

Segundo o inquérito, o professor Aureo Moraes teria atentado contra a honra da delegada Erika Marena, responsável pela prisão que levou ao suicídio do ex-reitor Luiz Carlos Cancellier; Jungmann pede esclarecimentos

O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, pediu esclarecimentos à Policia Federal sobre o inquérito aberto contra o professor de Jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) Aureo Mafra de Moraes. Segundo o inquérito, o professor teria atentado contra a honra da delegada Erika Marena, responsável pela prisão que levou ao suicídio do ex-reitor da instituição Luiz Carlos Cancellier. Até o momento não há provas de que Cancellier tenha cometido irregularidades.

O inquérito contra Aureo foi aberto após ele conceder entrevista tendo ao fundo cartazes que criticavam a prisão do ex-reitor e a condução das investigações. A PF abriu inquérito contra ele, ainda que Aureo não tenha citado a delegada em seu pronunciamento. A repercussão do caso gerou críticas até mesmo no Supremo Tribunal Federal (STF) – a PF é acusada de querer sufocar posições contrárias à sua atuação.

Segundo a assessoria do Ministério da Segurança Pública, o caso já vinha sendo analisado, mas que  “diante da repercussão e das manifestações de autoridades e instituições”, o ministro resolveu pedir explicações à PF sobre a abertura do inquérito.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum