Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
23 de julho de 2019, 17h38

Justiça determina que União forneça medicamento à base de maconha em tratamento de saúde

TRF-4 mandou que União e estado do Paraná custeassem o medicamento Isodiolex para criança com diagnósticos de microcefalia, paralisia cerebral, hidrocefalia e epilepsia; ela tinha, em média, dez crises ao dia

Foto: Agência Brasil

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) determinou que a União e o estado do Paraná terão de fornecer o remédio Isodiolex (princípio ativo do canabidiol, à base de maconha) a uma criança com microcefalia e paralisia cerebral, que mora em Cascavel (PR). O TRF-4 acatou solicitação do Ministério Público Federal (MPF), de acordo com informações de Fausto Macedo, de O Estado de S.Paulo.

O caso chegou à Procuradoria em julho de 2018, relatado pela mãe da criança, que nasceu prematura de 29 semanas com diagnósticos de microcefalia, paralisia cerebral, hidrocefalia e epilepsia. Ela tinha, em média, dez crises ao dia.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo.

O MPF acabou ajuizando ação civil pública, “tendo em vista que, segundo laudo pericial judicial, a paciente esgotou as alternativas terapêuticas fornecidas pelo Sistema Único de Saúde (SUS) sem redução na frequência das crises convulsivas”.

A Procuradoria pediu que a União e o estado do Paraná custeassem o medicamento Isodiolex, que não tem equivalente na rede pública e é eficaz no tratamento da epilepsia.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum