Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
09 de março de 2018, 16h42

Justiça do DF manda soltar Joesley Batista

O empresário estava em prisão preventiva por conta do processo em que é acusado de mentir em seu acordo de delação premiada

O juiz Marcus Vinícius Reis Bastos, da 12ª Vara Federal de Brasília, determinou nesta sexta-feira (9) a soltura do empresário Joesley Batista, que está preso preventivamente em São Paulo desde setembro do ano passado no processo em que ele é acusado de mentir em seu acordo de delação premiada com a Procuradoria-Geral da República (PGR).

“A prisão preventiva não tinha mais fundamento porque o prazo para ela, de 120 dias para as organizações criminosas, já tinha se esgotado. O argumento de que eles poderiam destruir provas já tinha sido superado porque elas já tinham sido todas colhidas”, disse à coluna de Mônica Bergamo o advogado de Joesley, André Callegari.

Pela decisão, Joesley precisará entregar seu passaporte, não poderá deixar o país sem autorização judicial, deverá comparecer a todos os atos do processos e ainda manter seus endereços atualizados. O ex-executivo da J&F Ricardo Saud também foi liberado e deve deixar a prisão da Papuda, em Brasília.

Clique aqui para ler a íntegra da decisão.

*Com informações da Folha de S. Paulo


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum