Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
20 de julho de 2019, 18h38

Kennedy Alencar: “choro moça, sou homem que chora….”

Jornalista rebateu comentários no Twitter e reforçou seu posicionamento de resistência a medidas de Bolsonaro

Foto: Alan Santos/PR

Depois de ter criticado Jair Bolsonaro no twitter e em seu blog, o jornalista da CBN Kennedy Alencar recebeu uma enxurrada de respostas na rede social. Um desses comentários dizia em tom de deboche “Chora mais” e foi logo rebatido por Alencar. “Choro, moça. Sou um homem que chora por amor, felicidade, tristeza, injustiça… vocês não merecem nenhum choro desses”, respondeu.

O jornalista disse ainda que o tuíte que escreveu anteriormente “é resistência de um jornalista a normalizar absurdos que ameaçam a democracia. É enfrentar autoritários que estarão no lixo da História”.

Em seguida, o jornalista fez mais uma publicação em seu perfil, em resposta ao deputado federal Marcio Labre (PSL-RJ), que o questionou sobre uma suposta gráfica de irmãos de Alencar que haveria recebido milhões de reais indevidamente. Alencar rebateu: “Ser um jornalista com vida profissional e financeira limpa, declarada no Imposto de Renda, incomoda difamadores profissionais como o sr., que não têm como explicar o Queiroz”. No comentário,  o jornalista inseriu link redirecionando para um texto publicado em seu blog em janeiro de 2018, em que se encaminha a difamadores e os alerta para as medidas legais cabíveis a que estão sujeitos.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum