Fórumcast, o podcast da Fórum
20 de julho de 2019, 18h38

Kennedy Alencar: “choro moça, sou homem que chora….”

Jornalista rebateu comentários no Twitter e reforçou seu posicionamento de resistência a medidas de Bolsonaro

Foto: Alan Santos/PR

Depois de ter criticado Jair Bolsonaro no twitter e em seu blog, o jornalista da CBN Kennedy Alencar recebeu uma enxurrada de respostas na rede social. Um desses comentários dizia em tom de deboche “Chora mais” e foi logo rebatido por Alencar. “Choro, moça. Sou um homem que chora por amor, felicidade, tristeza, injustiça… vocês não merecem nenhum choro desses”, respondeu.

O jornalista disse ainda que o tuíte que escreveu anteriormente “é resistência de um jornalista a normalizar absurdos que ameaçam a democracia. É enfrentar autoritários que estarão no lixo da História”.

Em seguida, o jornalista fez mais uma publicação em seu perfil, em resposta ao deputado federal Marcio Labre (PSL-RJ), que o questionou sobre uma suposta gráfica de irmãos de Alencar que haveria recebido milhões de reais indevidamente. Alencar rebateu: “Ser um jornalista com vida profissional e financeira limpa, declarada no Imposto de Renda, incomoda difamadores profissionais como o sr., que não têm como explicar o Queiroz”. No comentário,  o jornalista inseriu link redirecionando para um texto publicado em seu blog em janeiro de 2018, em que se encaminha a difamadores e os alerta para as medidas legais cabíveis a que estão sujeitos.

Veja também:  Bolsonaro compartilha tuíte que diz que queimada na Amazônia é mentira: "Deus não gosta de mentirosos"

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum