Fórumcast #19
15 de fevereiro de 2019, 07h26

Lava Jato prende Régis Fichtner, ex-secretário da Casa Civil de Sérgio Cabral

Fichtner chefiou a Casa Civil no governo de Sérgio Cabral. Ele e mais quatro pessoas foram detidas em um desdobramento da Operação Calicute, braço da Lava Jato no Rio

Cabral e Régis Fichtner, (Arquivo)

A Polícia Federal prendeu nesta sexta-feira (15) o ex-secretário da Casa Civil e atual procurador do estado do Rio de Janeiro Régis Fichtner. Fichtner chefiou a Casa Civil no governo de Sérgio Cabral. Ele e mais quatro pessoas foram detidas em um desdobramento da Operação Calicute, braço da Lava Jato no Rio. As informações são da TV Globo.

Ele foi denunciado pelo Ministério Público Federal (MPF) por corrupção passiva. Segundo a acusação, Fichtner pediu e aceitou vantagem indevida para favorecer empresários em setores como saúde, transporte público, alimentação e limpeza. A estimativa é que ele tenha recebido R$ 1,56 milhão no esquema.

As prisões foram determinadas pelo juiz Marcelo Bretas, responsável pela Lava Jato no Rio de Janeiro. Essa é a segunda prisão de Fichtner, que em novembro de 2017 foi detido com outras quatro pessoas na Operação C’est fini.

Nossa sucursal em Brasília já está em ação. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Saiba mais.

Veja também:  Defesa de Lula pede explicações no STF sobre retirada de nova ação do ex-presidente da pauta

 


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum