Lewandowski derruba decisão de Bolsonaro que suspendia vacinação de adolescentes

Ministro determinou que cabe a estados e municípios decidir sobre imunização desta faixa etária após Ministério da Saúde fazer terrorismo com morte de jovem em SP

O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), derrubou a decisão do governo Bolsonaro que suspendeu a vacinação contra a Covid-19 de adolescentes sem comorbidades.

Em decisão liminar proferida nesta terça-feira (21), o magistrado atendeu a uma ação protocolada na última semana pelo PSB e determinou que cabe a estados e municípios decidir sobre a imunização desta faixa etária.

Mesmo antes da decisão de Lewandowski e apesar do anúncio do Ministério da Saúde, inúmeros prefeitos e governadores seguiram vacinando adolescentes.

“VITÓRIA DA CIÊNCIA! Em meio ao negacionismo do Min. da Saúde, o STF acaba de determinar que estados e municípios podem decidir sobre a vacinação de adolescentes contra a covid. Vacinas salvam vidas e são seguras! O ministro Lewandowski atendeu ao pedido feito por nós, do PSB, e derrubou liminarmente a decisão do governo de suspender a vacinação de adolescentes. Seguimos firmes na luta pela vida e esperamos que o plenário confirme a decisão”, celebrou o deputado federal Alessandro Molon (PSB-RJ).

Ministério da Saúde fez terrorismo psicológico

A suspensão da vacinação de adolescentes foi anunciada pelo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, na quinta-feira (16). Como justificativa, o ministro usou a notícia da morte de um jovem em São Paulo que se imunizou com dose da Pfizer. No entanto, na sexta-feira, se confirmou que não havia qualquer relação do óbito com o imunizante.

Marcelo Queiroga e o presidente Jair Bolsonaro aproveitaram a situação para propagar suas teses negacionistas infundadas e fazer terrorismo psicológico com pais e adolescentes. Durante live realizada na quinta-feira, Queiroga deu a entender que isso se deu após conversa com Bolsonaro.

Avatar de Ivan Longo

Ivan Longo

Jornalista, editor de Política, desde 2014 na revista Fórum. Formado pela Faculdade Cásper Líbero (SP). Twitter @ivanlongo_

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR