Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
09 de dezembro de 2019, 19h37

Livre, DJ Rennan da Penha firma contrato com a Sony Music

Cerca de 15 dias após ter habeas corpus concedido, o funkeiro assina com a gravadora que cuida da carreira de gigantes da música brasileira

Divulgação

O DJ Rennan da Penha, criador do Baile da Gaiola e precursor do Funk 150BPM, assinou contrato com a gravadora Sony Music nesta segunda-feira (9), cerca de 15 dias após ser libertado de uma prisão bastante questionada por entidades de direitos humanos e pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

O funkeiro comemorou o novo contrato nas redes sociais ao compartilhar matéria do colunista Lauro Jardim, do O Globo. “Todas as minhas conquistas eu devo aos meus fãs”, publicou Rennan.

A Sony agora ficará responsável pela carreira do artista que deve lançar em breve uma música com MC Livinho. A parceria entre os dois rendeu o troféu ‘Canção do Ano’ do Prêmio Multishow de 2019, com a música “Hoje eu vou parar na gaiola”. A premiação aconteceu enquanto o DJ ainda estava preso e rendeu diversas homenagens para o funkeiro.

Liberdade

Rennan da Penha ficou sete meses preso por ter sido condenado em segunda instância pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro e só foi solto após o Supremo Tribunal Federal reverter o entendimento a favor da execução antecipada da pena.

Absolvido em primeira instância, o DJ foi condenado em segunda instância a seis anos e oito meses de prisão apontado como “olheiro do tráfico” no Complexo da Penha, no Rio de Janeiro. Ao ser interrogado, Rennan negou as acusações e disse que não tinha tempo nem necessidade financeira para ser olheiro do tráfico.

Na época, a Ordem dos Advogados do Brasil e inúmeros movimentos sociais questionaram a prisão de Rennan, afirmando que a condenação seria uma tentativa de criminalizar o funk e o Baile da Gaiola, maior baile funk do Rio e que foi idealizado por ele. A OAB também declarou preocupação com o uso do sistema da Justiça criminal contra setores marginalizados da sociedade.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum