Madeireiros ilegais agridem fiscal do Ibama em emboscada no Pará e citam Bolsonaro

O servidor foi atingido por uma garrafa de vidro no rosto após ser intimidado por um grupo de mais de dez homens

Um fiscal do Ibama foi agredido durante uma operação em Uruará, no Pará, após apreender um caminhão de madeireiros que atuavam de forma ilegal na região. O grupo, formado por mais de dez homens, criou uma emboscada para impedir que o servidor levasse o veículo.

Em meio à discussão, homens chegam a citar que o presidente Jair Bolsonaro “disse que não é para queimar” a mercadoria apreendida. Em determinado momento, um dos madeireiros joga uma garrafa de vidro contra o rosto do servidor, que cai no chão.

A violência contra fiscais ambientais atingiu seu ápice neste sábado (2), em São Paulo. Um guarda-parque foi morto durante operação da Polícia Ambiental contra um garimpo ilegal no interior do Parque Estadual de Intervales, no Vale do Ribeira.

O objetivo inicial era combater a extração ilegal de palmito da palmeira juçara, árvore típica da mata atlântica e que está ameaçada de extinção

Tags:

Avatar de Luisa Fragão

Luisa Fragão

Jornalista.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR