Mãe de Ronaldinho Gaúcho morre de Covid-19 em Porto Alegre; cidade tem risco altíssimo de contágio

Dona Miguelina tinha 71 anos e estava internada desde dezembro; mãe do craque morreu um dia após capital gaúcha ser classificada na bandeira preta da pandemia

A mãe do ex-jogador Ronaldinho Gaúcho, Dona Miguelina, faleceu na tarde deste sábado (20), em Porto Alegre (RS), em decorrência da Covid-19.

Miguelina, que tinha 71 anos, estava internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Mãe de Deus desde dezembro de 2020.

A internação de Miguelina tinha sido divulgada, em dezembro, pelo próprio Ronaldinho. “Queridos amigos, minha mãe está com covid-19 e estamos na luta para que ela se recupere logo. Ela está no centro de tratamento intensivo, recebendo todos os cuidados. Agradeço desde já as orações, as energias positivas e o carinho de sempre. Força mãe”, escreveu ele à época.

Até a publicação desta matéria, o ex-jogador não havia se pronunciado sobre a morte da mãe, mas trocou a foto de perfil de seu Instagram por uma imagem toda preta, indicando luto.

Alexandre Kalil (PSD), prefeito de Belo Horizonte, e o Atlético Mineiro, último clube pelo qual passou Ronaldinho, prestaram homenagens à mãe do jogador e solidariedade ao atleta nas redes sociais.

A morte de Miguelina aconteceu um dia após a cidade de Porto Alegre ser classificada na bandeira preta, isto é, a fase mais restritiva de combate ao coronavírus, que indica risco altíssimo de contágio e iminência de colapso hospitalar.

Avatar de Ivan Longo

Ivan Longo

Jornalista e repórter especial da Revista Fórum.

Em 2021, escolha a Fórum.

Fazer jornalismo comprometido com os direitos humanos e uma perspectiva de justiça social exige apoio dos leitores. Porque se depender do mercado e da publicidade oficial de governos liberais esses projetos serão eliminados. Eles têm lado e sabem muito bem quem devem apoiar.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR