Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
18 de fevereiro de 2019, 09h30

Mãe do lutador Rayron Gracie é espancada durante horas por advogado que conheceu nas redes

O lutador usou seu perfil no Instagram para declarar apoio à mãe

O agressor Vinícius Batista Serra. Foto: Reprodução

A empresária Elaine Caparróz, de 55 anos, foi espancada durante quatro horas por um homem que conheceu pelas redes sociais no primeiro encontro do casal, na Barra da Tijuca. Ela foi encontrada desacordada por policiais militares em seu apartamento, depois que vizinhos ouviram seus gritos de socorro e alertaram o zelador.

O agressor, identificado como Vinícius Batista Serra (foto), de 27 anos, foi preso em flagrante. Elaine contou ao “Fantástico”, da Rede Globo, que acordou de madrugada com socos desferidos por Vinícius, que ainda tentou aplicar um golpe conhecido como mata-leão. Ela reagiu e, então, levou uma mordida no braço.

Leia também: Agressor que espancou mãe do lutador Rayron Gracie usou nome falso para entrar em prédio

Elaine é mãe do lutador Rayron Gracie, que usou seu perfil no Instagram para declarar apoio à mãe.

“Te amo, mãe”, escreveu Rayron. O lutador logo ganhou o apoio de centenas de pessoas, entre elas nomes conhecidos, como o comentarista e ex-atleta Flávio Canto, o skatista Bob Burnquist, o ator Dudu Azevedo e a lutadora Kyra Gracie. Ela, além de comentar na postagem de seu primo Ryron, também comentou o caso em seu perfil na rede social.

“Com uma dor no coração venho falar com vcs sobre esse episódio de tentativa de homicídio… A gente nunca acha que pode chegar tão perto de nós. É uma sensação horrível, de aperto no peito, mãos atadas…

A vítima ficou com o rosto desfigurado e vai precisar passar por cirurgia. Ela foi internada em estado grave no Hospital Lourenço Jorge, na Barra, e, em seguida, transferida para uma unidade particular.

“Ela está com uma fratura no nariz, que está causando problemas de respiração. Quebrou o maxilar, quebrou os dentes. É inacreditável que isso possa acontecer tão perto da gente”, contou o irmão de Elaine, Rogério Peres, ao “Fantástico”.

O delegado-adjunto Rodrigo Freitas de Oliveira, da 16ª DP (Barra), afirma que, pela gravidade das agressões e pela desproporcionalidade física, Vinícius tentou matar Elaine. Ele vai responder por tentativa de feminicídio. No pedido de prisão preventiva, o delegado afirma que Vinícius é perigoso e que precisa ficar preso por representar ameaça. Ele foi transferido para a Cadeia Pública Frederico Marques, em Benfica. À polícia, o agressor disse que tomou vinho, dormiu e acordou em surto.

Com informações do Extra e do G1


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum