Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
26 de março de 2018, 22h22

Mais violência: Padre de 64 anos é agredido no rosto durante caravana de Lula no PR

O padre Idalino Alflen relatou que, ao ver pessoas atirando pedras contra a comitiva de Lula em Foz do Iguaçu (PR), abriu os braços em sinal de protesto quando um homem atirou sua moto contra ele e o agrediu. "Não é pela violência que a gente transforma", desabafou. Assista

Depois de inúmeros militantes e do ex-deputado federal Paulo Frateschi, agora foi a vez de um padre de 64 anos de idade ser agredido fisicamente por opositores do ex-presidente Lula durante sua caravana pelo Sul do país.

Na tarde desta segunda-feira (26), a caravana chegou em Foz do Iguaçu, no Paraná. O padre Idalino Alflen estava no evento que recepcionaria Lula e, quando avistou pessoas atirando pedras contra a militância, abriu os braços em sinal de protesto. Foi quando um homem partiu para cima dele com uma moto e o agrediu no rosto. Idalino está com o olho roxo e com o nariz quebrado.

“Não é pela violência que a gente transforma. É preciso ter mais respeito para que o Brasil seja um país de fato democrático”, disse o religioso em entrevista ao Brasil de Fato.

Assista.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum