Ouça o Fórumcast, o podcast da Fórum
22 de agosto de 2019, 11h47

Maisa comenta repercussão de incêndios na Amazônia: “Impacto na mídia de fora é maior do que na nossa”

Nas redes sociais, a artista "teen" disse nesta quinta-feira (22) que suas amigas de outros países comentaram estar preocupadas com a situação da floresta

Maisa Silva, apresentadora do SBT - Foto: Instagram

A apresentadora do SBT, Maisa Silva, entrou para o rol de celebridades que têm comentado os incêndios na região da Amazônia nos últimos dias. Nas redes sociais, ela disse, nesta quinta-feira (22), que suas amigas “gringas” comentaram estar preocupadas com a situação da floresta. “Bizarro como isso tá tendo um impacto na mídia de fora maior do que na nossa, né?”, colocou a apresentadora.

De fato, a repercussão dos incêndios na Amazônia tem sido grande em diversos jornais internacionais. Veículos como New York Times, Le Monde Diplomatique, BBC News destacaram o nível recorde de queimadas na floresta. Além disso, “#PrayforAmazonas” foi a hashtag do Twitter mais utilizada, em todo o mundo, nesta quarta-feira (21).

O Facebook silenciou a Fórum. Censura? Clique aqui e nos ajude a lutar contra isso

“As chamas são tão grandes que a fumaça chegou a milhares de quilômetros de distância até a costa do Atlântico”, publicou o New York Times, em reportagem especial, também mencionando que o presidente Jair Bolsonaro acusou ONGs de provocarem queimadas na Amazônia para atingir seu governo. Outro dado que o jornal americano trouxe na reportagem foi o aumento drástico do desmatamento na região depois que Bolsonaro assumiu a presidência.

A cantora Anitta também se pronunciou e gravou um vídeo, publicado no stories do Instagram, na noite desta quarta-feira (21), em defesa da Amazônia. Em forma de desabafo, Anitta falou das pessoas que são ameaçadas e assassinadas por lutarem pela floresta e ressaltou que não irá silenciar.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum