Fórumcast #20
17 de julho de 2019, 15h48

Maranhão anuncia 80 vagas para intercâmbio no exterior com tudo pago

O governador Flávio Dino (PCdoB) anunciou a abertura das inscrições da quinta edição do programa "Cidadão do Mundo", que pretende levar 80 estudantes de escolas públicas para a França, África do Sul e Argentina

Divulgação

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), anunciou pelas redes sociais nesta quarta-feira (17) a abertura das inscrições da quinta edição de programa de intercâmbio “Cidadão do Mundo”, voltado para universitários que estudaram em escolas públicas. O projeto conta com 80 vagas e garante bolsa para cobrir as despesas dos intercambistas.

Programa de intercâmbio no exterior para estudantes de escolas públicas ou delas oriundos. Inscrições já abertas. São 80 vagas com tudo pago pelo Governo do Maranhão. Vejam mais detalhes no site da Secretaria de Ciência e Tecnologia”, publicou Dino no Twitter.

Entre os destinos traçados nessa edição do programa, que visa estimular o aprendizado de língua estrangeira, estão Montpellier (França), Cidade do Cabo (África do Sul) e Córdoba (Argentina). Os participantes vão receber bolsa auxílio de R$ 4.500,00 por intermédio da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (FAPEMA) para custear a viagem.

Veja também:  Sargento da PM, tio de Michelle Bolsonaro foi preso em maio por ligação com milícia

As inscrições são gratuitas e vão até o dia 13 de agosto. Podem participar estudantes de instituições de ensino superior do Maranhão que cursaram ensino médio na rede pública. Segundo a Secretaria de Ciência e Tecnologia, cerca de 300 estudantes já participaram pelo programa iniciado em 2015.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum