Fórumcast, o podcast da Fórum
12 de junho de 2017, 12h35

Médica depõe sobre omissão de socorro a menino que veio a falecer

Caso ocorreu na semana passada no Rio de Janeiro. Para advogado da família, ela sabia que criança estava em estado grave

 

Por Redação*                                                   Foto: arquivo da família

A médica Haydee Marques da Silva, acusada de omissão de socorro a Breno Duarte da Silva, criança que veio a falecer no Rio de Janeiro, na semana passada, apresentou-se à delegacia nesta manhã para prestar depoimento. Breno tinha um ano e seis meses e faleceu após a médica se recusar a levá-la para um hospital em ambulância porque “tinha acabado o seu turno”. A criança morreu enquanto esperava por outro socorro.

Na chegada à delegacia, segundo informações de O Dia, ela se recusou a falar com a imprensa. Para o advogado da família do menino, a situação da médica se complica porque ela sabia que o quadro da criança era grave. “O alerta foi dado à equipe médica. Tanto que, inicialmente, a equipe iria para a Penha, mas foi deslocada para a Barra da Tijuca por conta da gravidade do quadro da criança”, afirmou. “Acho que as razões que ela apresenta em sua defesa não têm fundamento. O fato de não ser pediatra não a exime de realizar o atendimento”, criticou.

A médica trabalha na empresa Cuidar Emergências Médicas, que presta serviços de maneira terceirizada à Unimed, plano de saúde que os pais da criança acionaram para o atendimento. Agora, a família pretende processar e pedir danos morais às duas empresas. Além de esperar que na médica seja indiciada por homicídio qualificado, e não por homicídio culposo.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum